sexta-feira, 14 de outubro de 2011

nem toda infância, são só boas lembranças...


Dia das crianças, Natal, dia dos pais, mães, meu aniversário, nessas datas geralmente vem a tona minha infância, que não foi das mais agradáveis nem das mais fortalecedoras. Mas, foi a que eu tive, a que tenho que aprender lidar aceitar, esquecer( o que deve ser esquecido), aprender com ela e tocar em frente. Encontrei esse texto sobre o assunto e resolvi passa-lo adiante:

ILUMINANDO SUA CRIANÇA INTERIOR


Essa criança é a fonte de toda criatividade, alegria e sentimento de irmandade que nutrimos pelos outros e pelas coisas. É o reduto da pureza, assim dizendo. Obscurecida pelo tempo, a infância é a etapa da vida que mais diz respeito a nós mesmos. É sabido que ninguém tem uma infância perfeita. Mas é possível voltar ao passado e rever o que pode ser útil e o que deve ser definitivamente entendido para que você possa seguir em frente, firme e forte.

Assim, o resgate gradativo da criança interior acaba sendo uma chance de perdoar os erros das pessoas que nos criaram, das ofensas que sofremos e, principalmente, recobrar a coragem a confiança que toda criança tem em estado bruto ou latente para direcionar melhor as nossas atitudes no agora. Quando você traz luz à sua criança interior, existe a possibilidade de cura. O vazio que a solidão traz na maioria das vezes pode chegar ao fim, pois não há nada mais poderoso do que um reencontro com você mesmo. Somos nós o genuíno apoio de que precisamos, cedo ou tarde, frente às intempéries da vida.

Estabelecer contato com a criança adormecida dentro de você não é nada difícil e nem lhe toma muito tempo. É uma prática bastante útil para rever alguns fatos e até mesmo administrar bloqueios que vêm se perpetuando. Comece observando atentamente o arcano. Ele agora serve como uma porta que levará você a um notável encontro consigo mesmo.


COMO ENTRAR EM CONTATO COM A SUA CRIANÇA INTERIOR
  • 1Um passo crucial é encontrar fotografias suas da época da infância. Se não tiver nenhuma imagem, retenha na mente a sua imagem de quando era uma criança. Se possível, procure fotos de outras crianças que se assemelham a você nesse período em questão. Quantos anos ela tem? Pergunte e tente se lembrar dessa etapa da vida, caso ela lhe responda. Aceite e siga a sua intuição nesse momento. Ela é que lhe guiará por esse caminho.
  • 2A partir disso, comece a relembrar o ambiente, o que houve naquela data, como você se sentia. Se não se lembrar, tudo bem. Mantenha o foco na sua expressão facial e corporal.
  • 3Eleja uma foto e observe-a atentamente até que esteja nítida em sua mente a ponto de vê-la se movendo e conversando com você, como se a imagem fosse, a partir de agora, um filme.
  • 4Retenha a imagem em suas mãos e se apresente à criança. Eu sou você hoje. Você mora dentro de mim. Como você está? Registre tudo o que você ouvir ou sentir a partir desse momento. Do que ela precisa? O que ela sente neste momento?
  • 5Imagine-se abraçando essa criança, da mesma forma que o arcano do Tarot lhe mostra. Como é esse contato? É difícil visualizar essa cena? O que você pode fazer para melhorar esse contato?


DURANTE E DEPOIS DO CONTATO COM A SUA CRIANÇA

Pode ser doloroso, às vezes, trazer à luz essa criança dentro de você - talvez ferida ou magoada há tanto tempo. Mas também pode ser absolutamente transformador na medida em que a sua autoestima passa a tomar forma e força. Vale perceber que, ao longo desse contato, você se descobre capaz de mudar o jeito de olhar para as pessoas e, principalmente, para você mesmo.

Lembrar que não era possível ter tudo o que você queria quando era menor, por exemplo, se torna uma valiosa lição para os dias de hoje: que tal valorizar tudo aquilo que você tem conquistado? E as humilhações e castigos, por mais difíceis e estressantes que possam ter sido, servem agora de motivo para você assumir a sua verdade com o peito aberto e sem medo. Afinal, essa criança não está mais sozinha. Você é responsável pelas reações dela, a partir de agora.

AFIRMAÇÕES POSITIVAS PARA LIDAR COM AS LEMBRANÇAS


Uma alternativa para lidar com os fatos que agora ressurgem é adotar uma postura chamada de "Perdoar e Esquecer". Após virem à tona as lembranças, sejam elas quais forem, é válido fazer uso das afirmações positivas, que se tornam verdadeiros mandamentos para redirecionar a sua vida. Veja alguns exemplos:
  • "Eu perdoo todas as ofensas, humilhações e ausências e sigo em frente, firme e forte"
  • "Sou dono de mim e tenho total controle sobre a minha existência"
  • "Sei que a tendência da minha vida é dar certo e trabalho para isso"

LIDANDO COM O ESPELHO DA INFÂNCIA DAQUI PARA FRENTE


A criança interior é um espelho daquilo que você necessita rever em sua vida. E, muitas vezes, é um resgate harmônico das suas origens, do modo como você administra seus gostos, suas preferências e suas escolhas que formaram a pessoa que você é. Não é possível apagar o passado, mas é sempre válido tentar resolvê-lo, quando possível, para que você possa defender e acreditar nas suas escolhas e no seu caminho. Se você cresceu e chegou até aqui, é porque pode muito bem olhar para trás e estender a mão a essa criança sozinha em algum canto escuro dentro de você.

Fonte: Personare

Nenhum comentário:

Postar um comentário