segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Antíteses




Nasce o Sol, e não dura mais que um dia; Depois da Luz se segue à noite escura; Em tristes sombras morre a formosura, Em contínuas tristezas e alegrias. 
— Inconstância das coisas do mundo!


Viverei para sempre ou morrerei tentando 


Onde queres prazer sou o que dói (...) E onde queres tortura, mansidão (...) E onde queres bandido sou herói. 


Residem juntamente no teu peito/um demônio que ruge e um deus que chora 


Meus olhos andam cegos de te ver 


"Já estou cheio de me sentir vazio, meu corpo é quente e estou sentindo frio." 


"Uma menina me ensinou, quase tudo que eu sei, era quase escravidão, mas ela me tratava como um rei" 


"Eu vi a cara da morte, e ela estava viva". 


"Eu presto atenção no que eles dizem, mas eles não dizem nada" (Humberto Gessinger)


"Mas que seja infinito enquanto dure 


Do riso se fez o pranto. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário