domingo, 8 de janeiro de 2012

Da minha janela

Da minha janela eu vejo a correria
Correia da gente esperta, correndo atrás da saúde
Dos macacos correndo atrás da comida
Morcegos aproveitando a noite
Cães correndo atrás de brincadeiras
Folhas correndo ao vento.
Eita, correria boa essa!

Da minha janela eu ouço uma barulhada,
A passarada canta até na madrugada.

Da minha janela eu vejo a noite enluarada,
Manhãs ensolaradas
E a beleza da chuvarada.
Que molha a natureza.
Que agradece com sorriso verdinho e florido.

Da minha janela eu vejo a vida renascendo
A cada manhã maravilhada.
Ou será que foi essa janela,
Que me deixou com as vistas encantada?




















Nenhum comentário:

Postar um comentário