quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Quem sou eu?

Caspar David Friedrich


Sou muitas lembranças, poucos arrependimentos, inúmeras paixões alguns amores e leves cicatrizes.
Alguém que pagou apenas um valor simbólico por todas as escolhas erradas que fez. Enfim uma privilegiada dentre os menos favorecidos.
Possuo como disse Florbela;
alma intensa, violenta atormentada. Um ser que, como citou o camarada Brecht vive a preparar seu próximo erro.
É mais ou menos por aí... esse é o caminho.
Mas se alguém tiver uma definição melhor, por favor me manda por email.


PS_nada de definições malcriadas hein... :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário