quinta-feira, 29 de março de 2012

Sobre lembranças

By Brian Bolland


Lembra? Oh, eu não faria isso! 
Lembrar é perigoso... Eu vejo o passado 
como um lugar cheio de 
ansiedade. 

O “pretérito imperfeito” [...]

As memórias são Traiçoeiras! 
Num momento você esta perdido num carnaval de prazeres, 
com o aroma da infância, os neons da puberdade...

No outro elas te levam a lugares onde a escuridão e o frio
Trazem a tona coisas que você gostaria de esquecer!

As memórias podem ser vis, repulsivas, brutais [...]

Mas podemos viver sem elas?
A razão se sustenta nelas.
Não encarar as memórias é o mesmo que negar razão!

Mas e daí?
Quem nos obriga a ser racionais?

Não a clausula de sanidade!

Assim quando você estiver dentro de um desagradável trem de recordação 
seguindo para lugares do seu passado onde o grito é insuportável...
Lembre-se da loucura.
Loucura é à saída de emergência!

Você só precisa dar um passo para trás e fechar a porta 
com todas aquelas coisas horríveis... 
Que aconteceram presas lá dentro...
Para sempre.

Alan Moore in: Batman A Piada Mortal

Nenhum comentário:

Postar um comentário