domingo, 26 de agosto de 2012

A estrela espatifada.



Há trinta e quatro anos uma estrela caiu do céu.
Com a queda partiu-se em milhões de pedaços.
Feliz daquele que teve por algum tempo um desses pedacinhos nas mãos, que teve sua vida iluminada por uma fagulha do seu brilho. Feliz daquele que acompanhou por algum tempo, essa estrela partida tentando juntar seus pedaços.
 Feliz dessa estrela por ter conhecido, compartilhado, amado, chorado e principalmente sorrido com tantas pessoas maravilhosas, que a ajudaram e ajudam a fazer da sua história, algo emocionante, inverossímil e impar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário