terça-feira, 21 de agosto de 2012

Porque era bobagem ter razões alheias para fazer as coisas.


[...] Porque era bobagem ter razões alheias para fazer as coisas. 
Seria muito melhor se ela fosse uma daquelas pessoas, como Richard, que fazia as coisas por si mesmas, ao passo que  ela, pensou, esperando para cruzar a rua, fazia as coisas, a metade do tempo, não simplesmente por si mesmas; mas para que as pessoas pensassem isso ou aquilo; perfeita idiotice, ela sabia, pois nunca ninguém, por um segundo sequer, se deixava enganar. Ah, se ela pudesse começar a vida outra vez! pensou, pisando no passeio, ela poderia ter até mesmo uma aparência diferente!

Virginia Woolf in: Mrs. Dalloway

Nenhum comentário:

Postar um comentário